top of page
  • Foto do escritorDra. Patrícia Ishiy

ACNE DA MULHER ADULTA: ENTENDA OS MOTIVOS E COMO TRATAR

Atualizado: 20 de mai. de 2022

Mulher, 25 anos e ainda com acne ou começou a desenvolver após essa idade? Seja bem-vinda ao time da acne da mulher adulta.


A acne é uma dermatose inflamatória crônica da unidade pilossebácea que gera um incômodo estético e um impacto emocional muito intensos. A maioria dos adolescentes vão ter episódios de acne. No entanto, quando o quadro persiste ou se desenvolve após os 25 anos de idade na mulher, temos o diagnóstico de acne da mulher adulta.




SERÁ QUE A ACNE É HORMONAL?

Fatores genéticos e hormonais estão envolvidos no desenvolvimento da acne da mulher adulta.

A genética determina o tamanho, número e atividade das glândulas sebáceas, além de determinar a influência hormonal, processo de queratinização folicular e a resposta imune ao processo inflamatório.


A influência hormonal ocorre pela relação entre estrógeno e andrógenos. A ação dos hormônios andrógenos (testosterona, S-DHEA e DHT) estimulam o crescimento das glândulas sebáceas e sua produção de sebo. Já os estrógenos possuem ação oposta aos andrógenos sobre as glândulas sebáceas, diminuindo o seu crescimento e função. Sendo assim, a atividade das glândulas sebáceas depende do equilíbrio entre esses dois hormônios.


Mulheres possuem os hormônios sexuais femininos estrógeno e progesterona, mas também apresentam andrógenos em níveis mais baixos comparados ao homem. Na acne da mulher adulta, ao contrário do que se imagina, a maioria das pacientes possuem níveis hormonais normais em relação aos andrógenos.


O que ocorre é um aumento na sensibilidade aos andrógenos nos receptores das glândulas sebáceas e queratinócitos, promovendo maior produção de sebo e hiperqueratinização folicular, que gera a formação de cravos e processo inflamatório que culmina nas espinhas.


Essa influência hormonal pode ser bem notória ao observar um aumento da acne no período pré-menstrual em 60-70% das pacientes, bem como na pré-menopausa, gestação e uso de anticoncepcional apenas com progesterona (ex: DIU de Mirena). Nessas situações há um aumento dos hormônios com atividade androgênica em relação ao estradiol.

EXISTE A INFLUÊNCIA DE OUTROS FATORES?

Sim! A Acne da mulher adulta é multifatorial e vou listar abaixo alguns fatores que influenciam na acne:


  • Dietas ricas em alimentos com alto índice glicêmico, laticínios e suplementos que contenham proteína do soro do leite (ex: whey-protein) podem piorar a acne pelo fato de promoverem um pico de insulina e IGF-1, os quais agem em receptores de glândulas sebáceas aumentando a produção de sebo e em receptores de queratinócitos promovendo uma alteração na queratinização folicular.

  • Stress e privação de sono: estimulam a liberação de cortisol que pode agravar a acne

  • Tabagismo: a nicotina estimula a liberação de acetilcolina, o qual aumento a atividade das glândulas sebáceas, altera a composição do sebo, induz a hiperqueratinização folicular e diminui os níveis de ativos antioxidantes. Está mais associado as lesões de cravo.

  • Medicações: DIU Mirena®️ ou Kyleena ®️, anticoncepcional oral apenas com progesterona, implante hormonal subcutâneo, vitaminas do completo B, benzodiazepínicos, lítio, ciclosporina, etc. Lembrando que o fato de parar de tomar anticoncepcional oral pode estar associado ao surgimento de acne.

  • Participação da bactéria Cutibacterium acnes que mora na flora cutânea da pele normal, mas em determinadas situações acaba se tornando patogênico no sentido de funcionar como um antígeno que gera um processo inflamatório.


COMO A ACNE DA MULHER ADULTA SE MANIFESTA?

Esse tipo de acne tem um predomínio pelo terço inferior da face (região mandibular, perioral, queixo), conferindo uma distribuição em formato de ‘’U’’, além de também afetar a região do pescoço. São lesões de acne mais inflamatórias, ou seja, muitas espinhas e poucos cravos.


ATÉ QUE IDADE ESSA ACNE PODE ME AFETAR?

Como há uma influência hormonal, a maioria dos casos melhora no período da menopausa, mas alguns casos podem persistir mesmo após os 50 anos.



COMO TRATAR A ACNE DA MULHER ADULTA?

Antes de tratar, é necessário esclarecer que nem todas as mulheres precisam realizar investigação hormonal se não houver alguns comemorativos associados. Apenas 1/3 das mulheres possuem de fato alguma alteração hormonal a nível sérico ou síndromes associadas (ex: síndrome dos ovários policísticos).


O tratamento pode ser realizado apenas com medicação tópica nos casos mais leves e com uso de medicação via oral nos casos mais intensos. Na acne da mulher adulta, o tratamento com anticoncepcional oral com progestágeno antiandrogênico costuma ter ótimos resultados. Caso a mulher já esteja em uso de anticoncepcional, há a possibilidade de associar medicações que irão antagonizar os receptores de andrógenos como a espironolactona e em alguns casos podemos utilizar a isotretinoína (Roacutan®️).


O dermatologista e ginecologista irão atuar em conjunto para te ajudar de forma integral. Se você tiver lesões de acne, não postergue o tratamento, pois muitas dessas lesões poderão gerar cicatrizes.


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Комментарии


bottom of page